Nasce mais um blog

Sábado, 29 de Março de 2008

Nasce mais um blog
Hoje 29 de Março de 2008 nasce aqui na PIACABA mais um blog.Este tem como objetivo fazer INTERATIVIDADE entre as pessoas, através de seus blogs!Eu conto um conto, e você leitor, reconta ou conta outro , a ele relacionado e assim por diante!Inicialmente não vamos fazer muitas regras, e elas serão impostas ao longo da vida, para sanar eventuais problemas que surjam. Esta postagem é PILOTO.Para contar seu conto, e aumentar um ponto use a caixa de COMENTÁRIOS ou meu e-mail se preferir!Esta lançada a sorte. Vamos ver o que acontece!

14 comentários:

Maria Augusta disse...

Eduardo, achei uma ótima idéia, aliás sempre incluí na página principal os comentórios que enriqueciam o conteúdo do post.
Neste formato que você propõe a interatividade fica formalizada e acredito que isto vai incitar todos a deixar sua contribuição. Acho que está muito legal, parabéns e muito sucesso para o bebê!
Abração.

Eduardo P.L. disse...

Maria Augusta,

voçê sempre a PRIMEIRA!
Que bom que gosta da idéia.
A coisa funcionaria assim:
as pessoas leem o ultimo CONTO (Comentário) e deixam nos comentários o CONTO delas. Aí de quando em quando vamos alimentando a postagem (página principal) com os CONTOS pertinentes. Só comentários não seriam postados! Ficam nos comentários! Este seu por exemplo, fica aqui, mas se você tem um CONTO que agrega ou tem a ver com as BLOGOMOÇAS, seria postado.
E assim por diante, até se esgotar o tema. Aí um novo CONTO e novos PONTOS!

Vamos ver no que dá!
Na verdade um blog COLETIVO. Muito ABERTO. MUITO INTERATIVO. Todo mundo pode e deve participar!

Bjs e obrigado por abris a seção COMENTÁRIOS!

Fernando Zanforlin disse...

Grande, Chapa, mesmo, essa aconteceu comigo.
Estava naquela praça entre a Faria Lima e a Av. "Cidade jardim" quando a pareceu um bebum daqueles e me perguntou.
- Pra que lado é o aeroporto?
Cocei a cabeça e pensei como vou explicar pra esse cara?
Nisso passou um avião, olhei pro céu e disse.
- Oh meu, segue aquele avião.
A cara agradeceu sai trocando as pernas e foi atrás do avião.
Isso aconteceu comigo.
ab.

Sonia disse...

ADOREI a idéia Eduardo! Você é demais! Mais um espaço interativo que você propõe!

Uma pergunta, o novo CONTO será proposto por você ou podemos lançar a idéia?

Gostei muito da ilustração que você escolheu e do nome do blog! Desejo muito sucesso! Já está linkado. Beijos!

Eduardo P.L. disse...

Fernando,

mais um PONTO!
Parabéns. O primeiro depois do PILOTO!
É por aí!

Eduardo P.L. disse...

Aqui todo mundo pode dar idéias, Sonia!
Aceita-las é outra história.
A GERÊNCIA resolve os impasses, dirime as dúvidas, dá a última palavra, tudo MUITO democraticamente!
Todos os NOVOS contos DEVEM srer sugeridos por todas as visitas! Só se muda de CONTO quando depois de alguns dias o blog estiver estagnado. Enquanto tiver contos e pontos, terão leitores para eles e o conto permace. Findo o período de contos ou pontos novos, partimos para outro tema! A escolha é da maioria! Nos comentários TODOS podem se manifestar!
Outra preocupação da Jugioli, é o tamanho do texto. Inicialmente não vamos colocar um limite, mas esta claro que ninguém deve escrever uma biblia! No máximo 20 linhas do comentário, é um ponto toleravel.
O tempo dirá!
Vamos ver no que dá!
Obrigado pelo apoio de sempre!
Lembrando de mais gente que gostaria de participar, convide!

Bjs

disse...

Eduardo..simplesmente o máximo esta tua nova genial idéia...
Oh Dio! vamos precisar que o dia tenha mais horas para podermos dar conta de tudo que estamos nos propondo..mas que é uma delícia isto é....
este é só um comentárioi...
no próximo o conto ...

disse...

Era o ano de 1994...Férias, crianças todas...Destino, Disney... Võo da American Air Lines,lotado de pessoas conhecidas..Sabíamos que a bordo estava também um casal de amigos em comum em uma nova relação muito comentada na época...ela linda e jovem ..ele... fugindo, com ela ! De repente...
Uma pane no motor ...o Pânico foi geral as aeromoças tentando nos acalmar...o piloto avisa pelo alto falante que temos que voltar para o Rio de janeiro..tínhamos decolado há apenas alguns minutos...o "Fugitivo" se levanta e correndo pelos corredores grita pedindo encarecidamente que o avião fosse para qualquer lugar menos para o Rio...pois sua "mulher"figura carimbada do society carioca estaria na pista esperando por ele para
"matá-lo"...sua vida estaria arruinada ...a gargalhada foi geral...distraidos por isto, com as aeromoças o obrigando a sentar-se mal sentimos o avião pousar... graças a Deus sem susto e sãos e salvos...nós...
ele..., acho que está correndo até hoje.
beijos

peri s.c. disse...

Numa destas andanças e voanças profissionais, lá pelos lados do Centro Oeste do Brasil, entrei no pequeno avião de 12 passageiros, de linha regular, para uma viagem de 2 horas e meia. Atrasado, quase perdi o voo e a cerimônia de entrada no avião que, apertadinho, nem tinha porta para a cabine dos comandantes, só uma antepara para escondê-los um pouco, deu para ver e fotografar o piloto lendo calmamente seu jornal durante a viagem.
Na volta, peguei o ritual completo : o co-piloto no pé da escada de 3 degraus, nos recepcionando : " benvindos à bordo, neste isopor no piso atrás da última poltrona, águas e refrigerantes, nesta portinha à direita ( meio que camuflada ) o sanitário." Não me contive : " Sanitário! aaah, então tem,não percebi quando vim." Ele baixinho responde : " tem, mas p-o-r f-a-v-o-r, só utilize em caso de extrema necessidade, ele não aguenta muito uso ".

claudio boczon disse...

Numa tirinha de jornal antiga:

A professora de catequese pede aos alunos que desenhem a fuga da Sagrada Família para o Egito.

Daí um piá desenha um avião sobrevoando o deserto com Jesus, Maria e José como passageiros e mais uma figura, de quepe, na janela da frente.

Quando a professora elogia a interpretação atual do fato e pergunta quem é o personagem adicional, o guri responde:

"esse é Pôncio, o piloto"

james emanuel disse...

Longa vida ao novo blog!

Um abraço.

LUIZ SANTILLI JR. disse...

1966 Rio de Janeiro

Nunca havia andado de avião.
Estava no Rio em viagem de "lua de mel".
A viagem de ida foi um terror, com meu fusquinha!
Marilena intimou: voltaríamos de avião ou eu voltaria só, ela de avião!
Tinha pavor só de pensar no avião.
-"Tá, vamos de avião, mas você vai ao aeroporto e decide tudo, hora e companhia!"
Voltamos de Viscount, turbo-hélice novinho da finada VASP.
Eu suava gelado, sentado acuado no banco, ela na janelinha, amava avião. Só não foi aeromoça por conta da birra da mãe, preconceito!
A aeromoça, tão logo o avião levantou vôo, deve ter percebido que eu estava à beira de um colapso, e me ofereceu o Estadão, ao qual enterrei os lhos.
Passados cinco minutos, vôo já estabilizado a Marilena vira para mim e diz:"Você agora lê jornal com ele de ponta-cabeça?"

Porém cinco anos de Brasília, vindo duas vezes por mês a São Paulo, me fizeram um grande "voador"!

Santilli

Maria Sul disse...

Muito interessante e divertida ideia Eduardo!
Meus Parabêns pela
ideia interactiva :-D

Vou vir cá espreitar muita vez e...mais tarde, talvez contar um conto :-)

Bjs

Eduardo P.L. disse...

Maria,

aguardamos o SEU.

Só tem graça quando TODOS participam!
Não é um CONCURSO LITERÁRIO, portanto vale é o PONTO!!!!A PARICIPAÇÃO!

Obrigado pelo seu sempre presente apoio e incentivo!

Bjs

.

.
conte o seu : qcucaup@gmail.com