Blogs que se vão...

CONTE O SEU
Hoje pela manhã tive mais uma notícia de um blog que nos deixa!
Como mortes, sem que seus autores nos expliquem o por que, esses seres vivos, com alma e espirito, derrepente, não mais do que derrepente, param de existir. Fica a ultima página, quando o autor não a deleta, como prova de que um dia ali teve vida!
Muito triste saber que sentiremos falta desses hábitos de visitas diárias, ou semanais.
Foi assim com o Blog da Sabedoria, depois com o ZOO do nosso querido JG.
Foi assim com o Blog Perplexoinside do Valter Ferraz, em Fevereiro próximo passado.
Foi assim hoje, com a noticia que li no Vi...Intermezzo, da amiga comum, Vi Leardi, da morte (esperamos que temporária...!) do UN-DRESS.
Un Dress era um blog de imagens e textos muito especiais. Pura poesia. Com diagramação surpreendente e um visual único , e inovador, fez história e seguidores enquanto viveu. Ensinou muita gente o que é poesia e bom gosto. Ousou. Criou. E hoje, fico sabendo, morreu!
O som desse blog é um som característico e imortal. Se com o tempo nos esquecermos das imagens, e textos postados o som ficará para sempre nos fazendo recordar da UN -DRESS.
Para nossa sorte ainda temos o PASSAGENS assinado pela ~pi com a mesma qualidade!
26/06/2008

(Eduardo P.L.)

13 comentários:

Eduardo P.L. disse...

Vim para testar os COMENTÁRIOS, que a nossa querida Sonia não conseguiu! Da mesma forma que teve problemas no CHAPA! Não será seu ANTI-VIRUS que esta MUITO anti-sociavel....???

sonia a.m. disse...

Eduardo,
Desta vez não teve nada a ver com o AVG, embora esse meu Anti-vírus seja mesmo um leão de chácara!(risos)

Penso que uma das características dos blogs é esse nascer, desaparecer, renascer... esse efêmero... Como já escreveu Guimarães Rosa, prefiro pensar que "eles não morrem, estão todos encantados"... enquanto os seus donos não os tirarem definitivamente do ar.

Observei que cada pessoa tem o seu estilo de se retirar... uns avisam que vão sair do ar, fazem um "último canto do cisne", mas não explicam os motivos... outros expressam suas dificuldades em continuar postando... outros por problemas pessoais, pedem a um familiar que deixe um recado no último post... é há aqueles que deixam um último post no ar e não respondem aos comentários dos leitores aflitos... Enfim, pode-se descobrir os vários estilos e personalidades de cada blogueiro pela forma como lança o seu blog e também quando o retira do ar... Penso que um ato virtual é tão revelador quando um ato real!

Em tempo: li no blog da Vi Leardi, que o Ví vai ter "Um longo Intermezzo". É pena... mas ainda podemos ter o prazer de visitar os outros dois belos blogs da Vi, o NoVí tá e o Vision of Eden. Quanto aos blogs que você mencionou, ficam as saudades.
Beijos.

sonia a.m. disse...

Ops! Corrigindo: "Penso que um ato virtual é tão revelador quanto um ato real!"

Eduardo P.L. disse...

Sonia,

obrigado pelo seu oportuno comentário, finalmente....

Bjs

paula barros disse...

Já passei por essa situação, blogs parados sem explicação, interrompidos com explicação, outros deletam o post. Fico tão triste, alguns me deixaram indignadas, brava mesmo, e o pior não tinha nem e-mail para entrar em contato, e pelos últimos post estava muito triste.
Eu, penso que posso usar o nós, incluindo mais pessoas, sentem falta, gostam desse contato, dessa troca.
abraços

Eduardo P.L. disse...

Paula,

é bem por aí! Toda perda desagrada!

expressodalinha disse...

Eu acho que é um intrelúdio. Detesto blogues abandonados. São como barcos à deriva. O caso mais fantástico é o blogue do meu amidgo Roberto Barbosa, um inovador e que me convenceu a fazer o Expresso. Morreu há um ano. Continua a ter um nº de visitas diárias impressionante. Só o derradeiro post tem mais e 1000 comentários... Um case study!

expressodalinha disse...

... Está nos meus links em Roberto.

Eduardo P.L. disse...

Obrigado, JORGE,

vou lá conhecer!

abçs

un dress disse...

querido eduardo...

muito obrigada pelas tuas palavras!

sim...

as coisas vêm vão

reciclam-se

movem-se

adormecem

recriam-se

revelam-nos sentidos ~

e sim encantadas

tambem às vezes ficam! :)


( as

sim un

dress


até sempre até já


mil beijOs a ti :)

~pi disse...

pas s

ando :)



~

Maria Augusta disse...

Eduardo, os blogs são como quase tudo na vida...efêmeros! Ontem mesmo, o Lino Resende avisou que "está dando um tempo", mas que volta, esperemos que sim...o Vi, também, espero que volte, pelo menos de vez em quando. Os primeiros blogs que vi desaparecer como o da Lina do Japão (aliás ela tinha vários) me deixaram muito triste e preocupada, pensei que ela estivesse doente. Mas depois ela apareceu para nos contar que sua nova atividade não deixava tempo livre para blogar, é muito natural. Hoje cada vez que alguém para de blogar, eu me digo que ele(a) encontrou algo interessante para fazer e fica mais fácil aceitar. E espero também que as amizades formadas através dos blogs sobrevivam a eles...
Abraços.

Anônimo disse...

Por que nao:)

.

.
conte o seu : qcucaup@gmail.com