Me vinguei na foto

conte o seu
Dia desses estava andando pela "minha" praia, que no inverno é só minha, e de dois pescadores, que por mais que me conheçam, teimam em não me cumprimentar. São descendentes de Açorianos, e como eles, se comportam até hoje! Mas agora, no verão , divido com muitos surfistas e gente jovem e bonita. Por falar em beleza, a namorada do rapaz era uma pintura. Sem defeito. O único era estar com ele e não comigo. Apesar de velha, essa frase exprime minha admiração pela lindeza do corpo, e do sorriso da moça! Estava absorvido na maravilhosa vista quando ouço o rapaz me perguntar se poderia tirar uma foto do casal. Foi aí que resolvi me vingar. Aceitei imediatamente, com ar de susto de quem acorda de sono profundo. Fui até ele, peguei sua câmara, uma Pentax das antigas, dei uma olhada nas suas ferramentas, coloquei o dedo no botão do zoon e foquei o centro de seu corpo. Bem perto. Só cabia o umbigo e o v do mínimo biquininho. Foi aí que clickei. O mancebo abraçado à sua namorada, era sorrisos! Estava certo de ter saído com tudo na foto. Ledo engano. Só saberia quando revelasse as imagens! Não era digital, e eu estava salvo. Ele iria querer me matar quando visse!

Eduardo P. Lunardelli - Cimitan

6 comentários:

sonia a. mascaro disse...

Ah! Ótima a sua história e muito bem narrada!

Sorte que também não era a Polaroid...

Cristiane Marino disse...

Ahan! só você mesmo, uma ótima história, bem humorada e muito interessante.

Beijosss

Conceição Duarte disse...

Minha linda, adorei a caricatura... Muito legal, né?
Bjus e volaterei... Bom dia da Mulher... hahahah COmo se fosse uma novidade, ou diferente. TOdo dia é nosso~fala sério!
Bjus
CON

João Menéres disse...

O açoreano é muito metido com ele próprio. E se for da Ilha do Pico, ainda mais...

Eduardo: tem a certeza que o namorado da pintura não volta para cobrar a sua (justa) safadeza?

Boa história e já apreciada agorinha mesmo...

myra disse...

obrigada pelo teu comentario, vim ver o teu, lindos textos, um abraço, myra

Dulcineia (Lília) disse...

Edu,
Já cheguei a este simpático espaço. A rúbrica do Arco é um só texto elaborado por diferentes pessoas. Numa tentativa de percebermos que, SE quisermos, podemo-nos reconhecer no outro.
Então, o umbigo do moço é que pagou as favas? rsrsrs
Tinha acabado de contar os seus blogs. Acredita que já não me lembra quantos eram? 32??? a ultima vez que tinha contado eram 25.É pior do que a inflacção, rs
Beijinhos da plagiadora, rs
Lília

.

.
conte o seu : qcucaup@gmail.com